Sérgio Conceição explica a saída do Nantes: “Não posso sair porquê?”

Sérgio Conceição é protagonista da entrevista que domina a edição da Dragões, a publicação oficial do FC Porto

“Antes de renovar com o Nantes, o presidente apertou-me a mão e disse-me que, se aparecesse um clube de maior dimensão, não me cortaria as pernas”, foi assim que Sérgio Conceição, em entrevista à Dragões, revista oficial do FC Porto, explicou o processo da saída do clube francês para poder assinar pelo FC Porto.

O atual treinador lamenta que o dirigente do clube da Ligue 1 não tenha respeitado o acordo – “E não foi assim, não foi nada assim”-, lamenta que não tivesse dado o valor devido ao estado de saúde da sua mulher – “Uma das reuniões que deveríamos ter após o final da época foi cancelada pois ele teve de vir de urgência para o Porto para ser operada”-, mas no fim diz até compreender a reação de Waldemar Kita.