Sérgio Conceição: “Temos fome de títulos”

Treinador fez a antevisão do Paços de Ferreira-FC Porto, da terceira e última jornada do grupo D da Taça da Liga

 

Líder da Liga Nos, com presença garantida nos oitavos de final da Liga dos Campeões e nos “quartos” da Taça de Portugal, o FC Porto quer chegar a 2018 também vivo na Taça da Liga, a competição que pode valer o primeiro troféu do novo ano civil. Sérgio Conceição não esconde a ambição enorme que reina entre o plantel, que garante estar preparado para ganhar o jogo deste sábado (20h15) frente ao Paços de Ferreira, no Estádio Capital do Móvel, e depender de si próprio para marcar presença na Final Four da Taça da Liga, agendada para o fim de janeiro no Estádio Municipal de Braga.

Dificuldades em perspetiva
“Vamos encontrar um adversário que também tem possibilidades de passar à final four. Contamos por isso com um jogo difícil, mas isso não é diferente de todos os outros que já fizemos, e estamos a prepará-lo da melhor para poder ganhá-lo e dependermos só de nós para estarmos presentes na meia-final da Taça da Liga.”

As miniférias necessárias
“Vocês sabem que sou muito rigoroso e exigente com tudo o que envolve a equipa. Nós achámos que era benéfico para a equipa ter alguns dias de descanso e este era o único período possível. Às vezes, dizemos que o melhor treino é não treinar e aqui aplica-se isso. Foram cinco meses muito exigentes, com muitos jogos e agora vamos entrar noutro ciclo muito importante, também com muitos jogos e temos que gerir muito bem essa situação.”

Um grande ambição
“Fizemos quatro unidades de treino, suficientes para prepararmos a estratégia de acordo com os nos princípios, para nos apresentarmos na melhor forma e fazer tudo para ganhar o jogo, porque nos permitirá estar presentes nessa meia-final e assim ficar mais perto de ganhar um título já em janeiro. Queremos muito ganhar, há uma ambição grande, há uma fome grande de títulos e esse envolvimento é inequívoco da parte de todo o grupo.”

Um raio X à primeira metade da época
“Estamos na Liga dos Campeões, estamos na Taça de Portugal, estamos bem no campeonato, mais ainda não ganhámos nada ainda.”

Mar Azul na Mata Real​
“Quando passamos alguns dias longe da família, ficamos com muita vontade de a rever e aqui passa-se a mesma coisa, nós com o público e o público com a equipa. Essa grande cumplicidade entre os adeptos e a equipa faz com que esta procura pela conquista de uma Taça da Liga seja por demais evidente. Fico muito contente por isso, porque a nossa força também vem de fora e nós com essa força seremos com certeza mais fortes.”