Sub-19 derrotados em Copenhaga

FC Porto perdeu por 3-1 na quinta jornada da Youth League

 

A equipa de Sub-19 do FC Porto foi derrotada na tarde desta terça-feira pelo Copenhaga, por 3-1, em jogo da quinta jornada do Grupo G da UEFA Youth League. No Estádio Osterbro, em Copenhaga, os Dragões ainda estiveram em vantagem no marcador, mas acabaram por permitir a reviravolta no segundo tempo. A última jornada do Grupo G vai assim ser decisiva para definir quem segue diretamente para os oitavos de final e quem fica com a vaga do play-off (segundo lugar).

Os dinamarqueses entraram melhor no jogo, enquanto o FC Porto, que alinhou em 4-4-2 com Bruno Costa e João Cardoso na frente, só aos poucos foi conseguindo inverter a tendência da partida. Nos primeiros 45 minutos, pertenceram à equipa da casa as melhores oportunidades de golo (Røjkjær, aos 20 minutos, e sobretudo Bellman, aos 42, estiveram perto de abrir o marcador), mas a eficácia portista acabou por imperar.

No 45.º minuto, Moreto Cassamá aproveitou um erro de Nartey na receção de um passe do guarda-redes, que permitiu ao médio portista isolar-se a fazer o 1-0. Da primeira parte, a lamentar apenas uma grande penalidade que ficou por assinalar a favor dos azuis e brancos por falta sobre João Cardoso.

O golo no último suspiro do primeiro tempo obrigou a equipa do Copenhaga a reagir e os dinamarqueses dificilmente poderiam sonhar com algo melhor do que sucedeu entre os minutos 50 e 51. Primeiro foi Nartey, que assistido por Rojkjaer se redimiu do erro cometido no golo de Cassamá, e no minuto seguinte foi o próprio Rojkjaer a dar vantagem à equipa da casa.

Apesar de ter procurado o empate, que esteve muito perto de acontecer no minuto 87, com Diogo Dalot a desperdiçar uma oportunidade flagrante, o FC Porto acabou mesmo por consentir o terceiro: de novo de bola parada, desta vez de canto, os 1,95 metros de altura de Kristoffersen permitiram ao ponta-de-lança saltar mais alto do que todos e estabelecer o 3-1 final.

Quando falta disputar uma jornada, o Grupo G é agora liderado pelos belgas do Club Brugge, com 10 pontos, seguido pelo FC Porto, com nove e pelo Copenhaga, com sete. O Leicester, adversário dos Dragões na próxima jornada, segue em quarto, com três pontos. O primeiro lugar do Grupo vale o apuramento direto para os oitavos de final, enquanto o segundo posto garante uma vaga no play-off.

FICHA DE JOGO

Copenhaga-FC PORTO, 3-1
UEFA Youth League, 5.ª jornada
22 de novembro de 2016
Estádio Osterbro, Copenhaga, Dinamarca

Árbitro: Juri Frischer (Estónia)
Assistentes: Silver Koiv e Neeme Neemlaid
Quarto árbitro: Peter Munch (Dinamarca)

COPENHAGA: Djukic; Roerslev, Vesterlund, Racic (cap.), Bay, Bellman, Hjulmand, Nartey, Rojkjaer; Holse e Kristoffersen
Substituições: Bellman por Wind (80m), Hjulmand por Sahin (92m) e Rojkjaer por Jensen (93m)
Não utilizados: Monty, Felix, Hilmarsson e Samrawi
Treinador: Brian Riemer

FC PORTO: Diogo Costa; Diogo Dalot, Diogo Queirós, Jorge Fernandes, Oleg Reabciuk; Rui Pires, Paulo Estrela, Moreto Cassamá (cap.), Ayoub; João Cardoso e Bruno Costa
Substituições: João Cardoso por James Arthur (63m), Diogo Queirós por Xavier (72m), Ayoub por Madi Queta (80m)
Não utilizados: Ricardo Silva, Diogo Casimiro, João Lameira e Michael Morais.
Treinador: António Folha

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Moreto Cassamá (45m), Nartey (50), Rojkjaer (51m) e Kristoffersen (90m)

Disciplina: cartão amarelo a Oleg (25m), Bellman (32m) e Hjulmand (87m)
FONTE/ FC PORTO