Sub-19: João Brandão quer uma equipa com espírito vencedor

Treinador dos Sub-19 falou sobre os objetivos e expectativas para a nova época

 

Independentemente do plantel e dos nomes que forem a jogo pela equipa de Sub-19, João Brandão tem uma certeza: quer manter na sua equipa o requisito fundamental para vestir a camisola do FC Porto, que passa por “ter um espírito vencedor e ganhar muitas vezes”. Nesta primeira antevisão da época 2017/18, no dia em que arrancaram os trabalhos de pré-temporada, o treinador admitiu que o plantel está longe de estar fechado, até porque será difícil que algum dia venha a estar. É que, felizmente, segundo palavras do próprio, há uma ponte, quer entre a equipa B quer entre a equipa principal, que faz com que jovens acelerem o seu processo de evolução.

Quanto aos objetivos para a nova época não são muito diferentes da anterior: “preparar os jogadores para que no futuro possam estar em patamares top” e potenciar a enorme qualidade que há na formação azul e branca. No que respeita a reforços, há, para já, duas caras novas: Maleck, avançado internacional mexicano ex-Santos Laguna, e Justiniano, defesa central português que jogava na Juventus.

Objetivos principais não se alteram
“Estando nós num processo de formação, há objetivos que são transversais a todas as épocas. Queremos preparar os jogadores para que no futuro possam estar em patamares top de nível competitivo. Esse é o grande objetivo, sem descurar aquele requisito que é fundamental para ser jogador do FC Porto: ganhar muitas vezes e ter um espírito vencedor.”

A “ponte” entre os “bês” e a equipa A
“Será importante perceber como é que os jogadores vão lidar com esta nova dinâmica, em que há uma ponte constante entre a equipa B, os Sub-19 e até mesmo com a equipa A. É um hábito que queremos estabelecer, porque proporciona aos jogadores experiências fantásticas a nível de treino e de competição.”

Plantel longe de estar fechado
“Temos que perceber em que ponto fica a elaboração do plantel da equipa B e depois, em consequência disso, pensar no plantel dos Sub-19. É quase um efeito de dominó. Ainda assim os objetivos são comuns a todas as equipas: representar o clube da melhor forma, potenciando ao máximo o talento que temos.”

Condições únicas para resultados únicos
“O clube propicia aos jogadores condições únicas em todos os aspetos. Mas quem trabalha neste clube e neste departamento de formação também tem condições únicas porque trabalha com jovens de muita qualidade, o que permite também fazer trabalhos de excelência.”

O treinador também evoluiu
“A nível pessoal vai ser um João mais conhecedor da realidade dos Sub-19 e de todos os jogadores da nossa formação, e, por isso, com expectativas muito elevadas para a nova época.”

Fonte: FC Porto