Triunfo difícil mantém percurso cem por cento vitorioso

FC Porto recebeu e venceu o ADA Maia, por 26-24, na 15.ª jornada do campeonato

 

A equipa de andebol do FC Porto manteve na tarde desta quinta-feira o percurso 100 por cento vitorioso na presente temporada, consumando a 15.ª vitória no Andebol1, que garante aos Dragões a permanência na liderança isolada da prova. No Dragão Caixa, os azuis e brancos venceram a formação do ADA Maia, nonos classificados à entrada da jornada, por 26-24, num jogo que, tal como sucedeu na primeira volta​, esteve muito longe de ser um passeio para a os Dragões.

A partida começou de forma algo atípica para ambos os lados, com as duas formações, em especial a portista, a somarem erros pouco comuns no ataque. Espelho disso era o resultado verificado com cerca de 16 minutos de jogo (6-3), com apenas nove golos marcados. Ainda assim, os Dragões dominaram com algum conforto os primeiros 20 minutos de jogo, período em que conseguiram “cavar” a maior diferença no marcador para a equipa maiata, quando venciam por 10-6. Face ao domínio no marcador os portistas pareciam bem encaminhados para chegar ao descanso com uma vantagem confortável, mas a verdade é que a resistência do ADA Maia valeu-lhes a liderança no marcador ao intervalo (12-13).

À procura de anular uma rara desvantagem ao intervalo, a equipa de Ricardo Costa subiu ligeiramente a eficácia, ainda que do outro lado do campo tenham enfrentado uma equipa que nunca desistiu de lutar pelo resultado. E, de facto, conseguiram-no: a vantagem dos Dragões no marcador só voltou aos 13 minutos do segundo tempo, numa fase do jogo um pouco atípica e com muitas paragens, que os azuis e brancos aproveitaram para chegar a uma liderança que não mais largou.

Ainda que com o ADA Maia sempre por perto, o jogo até terminou de forma “tranquila” para os azuis e brancos, já que a uma vantagem de dois golos se somou a superioridade numérica nos últimos dois minutos da partida, devido a exclusões de Yoan Blanco e Tiago Heber. Em mais uma vitória portista, destaque para os seis golos conseguidos por Matic e Rui Silva, que, juntamente com o maiato Angel Zulueta, foram os melhores marcadores do encontro.

No final do encontro, o técnico Ricardo Costa salientou o melhor nível da defesa portista face ao ataque, frente a uma equipa do ADA Maia que considerou ser “​muito complicada”​ de vencer: “talvez hoje tenhamos sentido algum cansaço da época que temos vindo a fazer. Fomos rodando os jogadores, não foi o nosso melhor jogo, mas foi uma vitória importante, frente a uma equipa que se bateu muito bem e tem uma primeira linha muito forte, que fez a diferença na primeira parte”, disse.

A equipa de andebol do FC Porto regressa à competição no próximo sábado, às 18h00, para jogar nos 16 avos de final da Taça de Portugal frente à formação do SIR 1.º Maio, na Escola Nery Capucho, na Marinha Grande.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-ADA MAIA, 26-24

Andebol1, 15.ª jornada
8 de dezembro de 2016
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Rui Almeida e António Oliveira

FC PORTO: Hugo Laurentino, Ricardo Moreira (2), Yoel Morales (5), Daymaro Salina (1), Alexis Borges (1), Matic (6) e Rui Silva (6)
Jogaram ainda: Alfredo Quintana, Hugo Santos (1), António Areia (2), Miguel Martins, Leandro Semedo, Gustavo Rodrigues (2) e José Carrillo
Treinador: Ricardo Costa

ADA MAIA: Manuel Borges, António Ventura (3), Yoan Blanco (3), Francisco Fontes (3), Bruno Borges, Pedro Vieira e Angel Zulueta (6)
Jogaram ainda: Reyniel Nelson, Tiago Heber (4), António Almeida (1), Diogo Coelho (3), Francisco Leitão e Luís Carvalho (1)
Treinador: Rui Silva

Ao intervalo: 12-13

Fonte: FC Porto

Imagem: FC Porto