Tropeção em Barcelos no início da segunda volta

FC Porto Fidelidade derrotado no pavilhão do Óquei de Barcelos na 14.ª jornada do Campeonato (3-4)

 

Não começou bem para o FC Porto Fidelidade a segunda volta do Campeonato Nacional. Na tarde deste sábado, na 14.ª jornada, saiu derrotado do terreno do Óquei de Barcelos por 4-3 e caiu para a terceira posição da classificação, estando agora a cinco pontos do Benfica, primeiro, e a dois da Oliveirense, segundo. Um hat-trick do capitão Hélder Nunes não foi suficiente para os Dragões conquistarem os três pontos num jogo pautado pelo equilíbrio do primeiro ao último minuto e que podia ter pendido para qualquer um dos lados.

Foi ao minuto 48 que o barcelense José Pereira sentenciou praticamente o encontro ao bater Nélson Filipe pela quarta vez no Municipal de Barcelos. Hélder Nunes ainda fez o 4-3 no derradeiro minuto, mas já não havia tempo para os portistas chegarem ao empate numa segunda parte que teve o que faltou à primeira: golos. Foram três logo nos primeiros quatro minutos, dois para o FC Porto, assinados pelo capitão portista (um deles de livre direto), e um, pelo meio, para o Óquei de Barcelos, apontado por Luís Querido.

Ao primeiro tempo as duas equipas ficaram apenas a dever golos, porque houve emoção, bons momentos de hóquei em patins e jogadas de perigo para cada um dos lados que terminavam com remates que não levavam a melhor direção ou com boas defesas dos guarda-redes Nélson Filipe e Ricardo Silva. Do lado dos azuis e brancos não foi Hélder Nunes o único em destaque nesta partida, porque o guarda-redes do FC Porto também brilhou, com uma mão cheia de defesas que permitiram que a equipa orientada por Guillem Cabestany se fosse mantendo na frente do marcador até ao minuto 43, quando Hugo Costa colocou os minhotos pela primeira vez a vencer.

A vantagem seria alargada quatro minutos depois, por intermédio de Reinaldo Ventura na conversão de um livre direto que não deu hipóteses ao guardião azul e branco. O tal golo de José Pereira, logo a seguir, ditaria a segunda derrota do FC Porto nesta edição do Campeonato, num local, aliás, onde na época passada, já tinha deixado três pontos.

No calendário segue-se a receção à Juventude Viana, agendada para quarta-feira, às 20h30, no Dragão Caixa. Pode encontrar aqui​ informações sobre os bilhetes para o jogo da 15.ª jornada do Campeonato, que também terá transmissão em direto no Porto Canal.

FICHA DE JOGO

ÓQUEI DE BARCELOS-FC PORTO FIDELIDADE, 4-3
Campeonato Nacional, 14.ª jornada
11 de fevereiro de 2017
Pavilhão Municipal de Barcelos

Árbitros: Luis Peixoto e Ricardo Leão (Lisboa)

ÓQUEI DE BARCELOS Ricardo Silva (g.r.), Hugo Costa, Luís Querido (cap.), Reinaldo Ventura e Miguel Vieira
Jogaram ainda: André Almeida (g.r.), José Pedro Pereira, Pedro Silva, João Guimarães e Rúben Sousa
Treinador: Paulo Freitas

FC PORTO FIDELIDADE: Nélson Filipe (g.r.), Hélder Nunes (cap.), Reinaldo Garcia, Gonçalo Alves e Vítor Hugo
Jogaram ainda: Carles Grau (g.r.), Telmo Pinto, Rafa, Jorge Silva e Ton Baliu
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Hélder Nunes (26m, 29m e 50m), Luís Querido (28m), Hugo Costa (43m), Reinaldo Ventura (47m) e José Pereira (48m)
Disciplina: cartão azul a Hélder Nunes (37m) e Reinaldo Ventura (37m)​

Notícia atualizada às 20h30.